sexta-feira, 14 de março de 2014

Arquivo de Fichas - Mutantes e Malfeitores: Vampira (Marvel)

Arquivo de Fichas - Mutantes e Malfeitores
VAMPIRA – Anne Marie


Nível de Poder: 15

HABILIDADES
FOR 32 (+11) DES 14 (+2) CON 30 (+10) INT 12 (+1) SAB 12 (+1) CAR 14 (+2) 

SALVAMENTOS
Resistência +20 [Impenetrável]; Fortitude +12; Reflexo  +6; Vontade +4

COMBATE
Ataque +8; Dano +11[Desarmado]; Defesa +10, Esquiva +5, Iniciativa +6.

PERÍCIA
Blefar +6, Furtividade +6, Notar +5, Intuir intenção +6, Procurar +4.

FEITOS
Ação em Movimento, Agarrar aprimorado, Agarrar instantâneo, Ataque dominó, Atraente (+4 em blefar), Atropelar rápido [voando], Derrubar aprimorado, Iniciativa aprimorada, Liderança, Trabalho em equipe 3.

PODERES
Imitação [Poder] 10 [Feito: Inato, Dissipação Lenta – Falha: Maculado - Extra: Alvo Extra 5, Sem Salvamento, Duração/Duradoura – Ligado - Drenar 10 [Todos as características ao mesmo tempo - Feito: Dissipação Lenta – Extra: Sem Salvamento]

Voo 8
Resistência 10 [Extra: Impenetrável]
Escudo mental 4
Super-sentidos 1 [Esquiva fabulosa]
Imunidade 21 [Impacto, suporte vital (exceto sufocamento), frio e calor]

PONTOS: 311
54 (habilidades) + 9 (salvamento) + 36 (defesa) + 4 (perícias) + 12 (feitos) + 196 (poderes) 

Observações: A ficha da Vampira é a de sua última fase, onde ela já controle seus poderes (vide histórico abaixo). A estrutura de poder dela está dividia em duas partes. A primeira é relacionada com seu fator mutante de drenar/absorver o poder de um alvo. Isso era incontrolável antes, mas agora ela já tem controle sobre essa capacidade. É muito complicado de simular o poder dela de forma perfeita. Haviam duas possibilidades. Uma delas era criar um Poder Variável e a outra era com os poderes específicos já existentes nos livros. Escolhi a segunda possibilidade. Com isso a construção básica de absorção dos poderes fica caríssima, mas simula bem a personagem. Decidi por usar o Extra Ligado (custo 0) para deixar os dois poderes ligados e obrigando o uso de ambos ao mesmo tempo. A segunda estrutura corresponde aos poderes que Anne Marie absorveu permanentemente de Miss Marvel. A Força e Constituição, pegos de Carol Danvers, estão diretamente em suas habilidades, pois foram agregados permanentemente à Vampira e não podem ser nulificados. Toda essa estrutura de poder faz com que ela tenha uma ficha extremamente cara, em questão de pontos. Com o Poder Variável a contagem seria muito menor, mas um pouco mais complicado de usar pela maioria dos jogadores.
  

Estréia
Vampira é criação de Chris Claremont e Michael Golden e sua estréia nos quadrinhos deveria ter acontecido na edição “Ms. Marvel #25”, de junho de 1979. As artes estavam prontas quando o título foi simplesmente cancelado na edição #23. Isso acabou por adiar a história onde ela roubava os poderes de Miss Marvel por mais de dez anos, sendo apresentado, de forma tardia, em “Marvel Super Heroes volume 2 #11”, em 1992. Sua verdadeira estréia nos quadrinhos foi na edição “Avengers Annual #10”, de agosto de 1981 (no Brasil esta edição é mostrada em “Heróis da TV #100” com o título “Trágico Retorno”). Já sua primeira participação em um revista dos X-men foi na edição “Uncanny X-Men #158”, de junho de 1982, na história “A life that late I led...” (no Brasil esta história aparece em “Superaventuras Marvel #64”, de outubro de 1987 com o título “Alvorada de uma Vida”).

 

História
Filha de Owen e Priscila, Anne Marie, nasceu em uma comunidade hippie em Caldecott Country, no Mississipi. Com a morte de sua mãe, e o abandono do pelo pai ainda antes de nascer, ela foi criada por sua tia (por parte de mãe) Carrie. Não foi explica ainda, mas em algum ponto de sua juventude Anne foge de casa. Ela acaba descobrindo seus poderes mutantes quando já estava sozinha. Eles se manifestaram quando ela toca o rosto de um namorado – Cody – em um beijo (isso foi mostrado no Brasil na revista Wolverine #57, em novembro de 1996, na história “Teorias da Relatividade”). Nessa primeira manifestação ela rouba a energia vital dele e suas memórias, deixando-o em coma permanentemente. Isso mostrou-se traumático para ela. Ela se isola do convívio social por achar que seu poder era uma maldição. Mas ela acaba por conhecer Mística, que com auxílio de Sina, encontra Anne Marie e a adota como se fosse uma filha, agregando-a à Irmandade dos Mutantes.

Irmandade dos Mutantes
Inicialmente Vampira fica fora de ação no grupo por sugestão de Sina que previra que a equipe seria capturada e que Vampira seria crucial para a libertação de todos. Quando o fato acontece Mística cria um plano para libertá-los onde Vampira deveria absorver temporariamente os poderes de Miss Marvel. Anne Marie então aguarda de tocaia Carol Danvers (a Miss Marvel) chegar me casa. A luta é muito mais demorada que o imaginado e o contato ente elas se prolonga mais do que o aconselhável e a transferência de poderes mostra-se permanente.

Já com os poderes novos ela enfrenta Cristal (que ainda não tinha revelado publicamente ser uma mutante) e Anjo. Ela é vergonhosamente derrotada e cria uma grande rivalidade e antipatia contra Cristal. Ela seria derrotada repetidamente por Cristal ainda antes de ela mostrar-se como mutante.


Mas o ponto crucial da personagem aparece em um arco de duas histórias em que a Irmandade dos Mutantes enfrenta Rom (isso aparece nas edições “Rom #31” e “Rom #32”, de 1982, que no Brasil foram publicadas na revista “Hulk #53 e #54”, em novembro e dezembro de 1987, sob os títulos “Fuga para o Inferno” e “ente o bem e o Mal”). Nesse arco Vampira tenta roubar os poderes de Rom, mas ao tocá-lo ela experimenta sua solidão e nobreza. Isso causa um choque de consciência em Anne Marie, choque esse que mudará sua vida dali em diante aos poucos.

Uma X-Men
A mente de Vampira estava cada vez mais complicada com a existência de ecos das mentes de todos os que ela já tinha tocado e com a mente de Carol Danvers ainda mais forte ainda. Quando o Mestre Mental atua sobre ela como, forma de se vingar de Mística, Anne Marie já pode recorrer ao maior de todos os telepatas do mundo – Charles Xavier. Ele tenta realizar uma varredura psíquica nela, mas isso mostra-se impossível devidos à quantidade de mentes e ecos soltos e mesclados em sua mente. Então ele decide que ela deve permanecer nos X-Men, como uma espécie de estagiária, para que ele possa tentar recuperar sua mente (“Uncanny X-Men #171”, em julho de 1983, sendo no Brasil lançado em “Superaventuras Marvel #73”, de julho de 1988, sob o título de “Ruptura”).

Isso causa muita revolta entre os alunos e membros do grupo, mas Xavier é irredutível. Como primeira aventura como uma X-Men a equipe para Tóquio onde encontram Wolverine e sua esposa, Mariko Yashida, para cerimônia de seu casamento. Ela sente-se muito bem recebida e acolhida pela noiva de Logan, tanto que em um combate que acontece Anne Marie bloqueia um disparo de laser que deveria atingir Mariko. Wolverine se impressiona com o ocorrido e pede que ela pegue um pouco de seu poder para se curar. Mas Anne Marie se nega por não querer mais colocar a vida de ninguém sob risco. Essa atitude deixa Logan ainda mais admirado com ela, fazendo-a tocar nele assim mesmo. Essa história foi mostrada na edição “Uncanny X-men #172” e que no Brasil foi publicada várias vezes. Sua primeira publicação aqui foi na minissérie de quatro volumes “X-men”, de junho de 1988, depois em “X-men Especial #1”, em 1989, depois em “O Melhor dos X-Men #1”, em maio de 1997 e por último em uma edição encadernada da Panini chamada “Eu, Wolverine”, de maio de 2009. Algumas edições depois Vampira salva a vida de Colossus e acaba por conquistar definitivamente a confiança e apoio de todos os X-Men.

Mente contra mente
Um segundo ponto muito importante na formação da personagem foi quando a mente de Carol Danvers acaba por sobrepujar a mente de Anne Marie. Isso acontece quando ela escuta uma mensagem de Michael Rossi, um ex-amor de Danvers. A mensagem faz com que a mente adormecida de Carol tome conta do corpo de Anne. Domindo Vampira ela invade o aeroporta-aviões da SHIELD para resgatar Rossi. Mas a mente de Anne tenta retomar o controle e começa uma luta psicológica entre as duas, até que Anne vence. Mas a descoberta de que a mente de Carol está aprisionada em seu corpo á deixa extremamente culpada.


No arco “A Queda dos Mutantes” os X-Men são dados como mortos. Nesta condição eles se tornam imperceptíveis à câmeras e sensores e isso faz com que eles tomem uma postura mais agressiva contra alvos anti-mutantes. Numa de suas investidas contra Genosha, mas na operação Vampira e Wolverine são capturados. Anne Marie tem seus poderes bloqueados, sem abusada sexualmente pelos guardas. Isso lhe causa um bloqueio mental, dando chance para a mente de Carol Danvers assumir o controle sem problemas (“Uncanny X-Men 236” e no Brasil na revista “X-Men #41”, de 1994).

Uma nova Vampira
Quando Anne Marie é puxada para dentro do portal místico conhecida como O Cerco Perigoso, ela recebe a promessa de uma nova vida quando retornasse à Terra. Sua nova vida começa com quando a mente de Carol Danvers é finalmente separada da sua. Mas como efeito secundário ela perdes os poderes que havia ganho da Miss Marvel. Retornando à Terra ela tenta encontrar os X-men em sua base improvisada na Austrália, mas ela está abandonada. Ao invés do X-men ela encontra a personalidade de Carol Danvers que havia fugido para a Terra e estava sob a forma de um decrépito corpo de Miss Marvel. Sua luta é feroz, mas Anne Marie se joga, junto dela, por um portal a enviando para a Ilha Muir e ela mesma caindo na Terra Selvagem.

Na Terra Selvagem Vampira foi localizada novamente pela versão decrépita de Carol Danvers e novamente lutaram. A luta foi feroz e quase fatal, mas quem a ajuda a destruir a sua adversária é Magneto. Ela então resolve ficar na Terra Selvagem, junto de Magneto que estava isolado, e tem um momento de romance com ele. Mas esse flerte foi rápido. Eles se separaram quando Magneto decidiu matar Zaladane, que tentava destruir a Terra Selvagem, e Vampira protestou. Depois disso ela acaba voltando para a Ilha Muir à procura dos X-Men, com seus poderes voltando aos poucos.

Equipes Azul e Amarela
Quando houve a divisão dos membros dos X-Men em duas equipes – azul e amarela – Vampira acabou na equipe Azul, sob comando de Ciclope e junto de Gambit. Rapidamente ambos se interessaram um pelo outro, mas a peculiaridade do poder de Vampira e os segredos de Gambit eram uma barreira quase intransponível para eles. Uma grande mudança veio quando Ciclope foi dado como morto e Anne Marie acabou assumindo o comando da equipe, enquanto Ororo estava fora.


Mais uma grande mudança acontece com Anne Marie quando ela absorve as capacidades telepáticas do extraterrestre Z’Cann, para livrar a Terra de uma séries de criminosos exilados no planeta pelo Conselho Galáctico. Com esses poderosos poderes telepáticos Vampira criou a incrível capacidade de acessar poderes anteriormente absorvidos e que ficaram com sua matriz gravada em seu subconsciente. Mas tanto poder também fez com que esse acesso se desse de forma inconstante e, muitas vezes, incontrolável.

X-Treme X-Men
Novas equipes são criadas dentro dos X-Men e Vampira é alocada no X-Treme, sob comando de Tempestade e Gambit. Já na primeira missão, resgatar os Diários do Destino, ela e Gambit são mortalmente feridos. Ao término da aventura ambos se aposentam indo para a mansão herdade por ela, em New Orleans, para se recuperar e tentar resolver seus problemas amorosos. Mas a aposentadoria dura por pouco tempo, com os dois se unido novamente ao X-Treme com Bishop.

Novamente uma X-Men
A equipe de mutantes tem mais uma reformulação e tanto Gambit quanto Vampira voltam à equipe principal. Digno de nota, nesta fase, podemos dizer que é o reencontro dela com sua mãe que, segundo sua tia Carrie, estava presa no reino dos sonhos. Ela teria ido lá para tentar resgatar seu marido. No encontro ela absorveu as memórias da mãe, libertando seu espírito para descansar em paz. Ao retornar para a Mansão Vampira e os X-Men enfrentam os Gólgota, criaturas monstruosas que amplificam as emoções das pessoas. Durante o efeito dessas criaturas Vampira e Gambit rompem ao mesmo tempo que Vampira descobre que Logan tinha um interesse amoroso reprimido por ela.


Depois de uma aventura no Japão, ao retornar para a Mansão Vampira recebe ajuda de Emma Frost para tentar auxiliar no relacionamento dela com Gambit. Mas as coisas se complicam ainda mais quando Mística seduz Gambit sob a forma de Vampira, que desejava acabar com o relacionamento da filha adotiva por não concordar com suas escolhas. Vampira não perdoa os dois. Para piorar Mística é convidada para ser um membro em teste dos X-Men.

Após o Dia M, quando Apocalipse apareceu com seus novos cavaleiros, todos ficaram surpresos com Gambit sendo o cavaleiro da Morte. Ele havia se deixado transformar por Apocalipse por achar que poderia agüentar qualquer que fosse a transformação que o vilão fizesse com ele e só assim ganhar mais força para proteger tanto Vampira quanto os X-Men. Mas isso deu errado e ele acabou sendo corrompido por Apocalipse. Como resultado ele tentou matar Vampira. Quando Apocalipse foi derrotado Gambit não agüentou e deixou os X-Men.

De líder dos X-Men ao complexo de Messias
Quando os X-Men e Xavier perseguem Vulcano no espaço, Ciclope deixou Vampira como líder de uma nova equipe que ela deveria organizar. A nova equipe possuía um perfil muito estranho para os padrões dos X-Men, contando com Homem de Gelo, Mística, Dente de Sabre, Míssil, Cable e Sentinela Ômega. Com a equipe formada eles deixam a Mansão.


Em uma missão contra a entidade chamada de Pandemia Vampira é infectada pelo vírus Strain 88 e sofre grandes modificações temporárias em seus poderes, fazendo com que seu toque possa matar instantaneamente. A intenção do vilão era absorver o poder de Vampira e agregá-lo às milhões de mentes dentro de seu ser. Para derrotá-lo ela acaba por absorver a psique de oito milhões de pessoas que ele tinha armazenado em seu interior. As vozes não param em sua mente quase a deixando louca.

Em meio à isso descobre-se que Mística era uma traidora e que desde que chegara à Mansão e sua entrada na equipe, tudo não passou de um plano para descobrir onde estava e roubar o Diário do Destino. Ela estava trabalhando para o Senhor Sinistro, junto dos Carniceiros. Como a informação sobre os Diários estavam na mente de Vampira, única a já ter lido eles, Mística à leva para o laboratório de Sinistro para tentar extrair a informação. Ela acaba por ser protegida por Gambit que tinha se aliado à Sinistro para tentar proteger sua amada. Posteriormente Mística confessa que a intenção de trair os X-Men era para que Sinistro ajudasse Vampira no controle de seus poderes. Mas Sinistro diz que ela não tem mais qualquer chance, levando Mística a tentar matá-lo. O arco Complexo de Messias está em andamento e quando Gambit chega com o bebe que era o primeiro mutante que nascera desde o Dia M (que virá a ser Esperança), Mística encosta a criança em Vampira, curando Anne Marie alguns minutos depois. O efeito é tão devastador em Vampira que apaga todas as mentes que Vampira já absorvera ao longo de toda a sua vida, limpando sua mente de todos os ecos. Mas ao acordar Vampira não perdoa Mística por ter colocado a vida de um bebe em perigo, mesmo que para salvá-la. Ela então à toca, absorvendo sua mente e deixando-a em coma, jogada no chão, e vai embora.

Manifesto Destino
Anne Marie se isola em Kooroowi para tentar se redescobrir como pessoa e heroína. Depois de algum tempo sozinha, e dialogando com a mente de Mística, que ela absorvera, ela retoma o contato com os X-Men. Perigo, que está junto de Gambit e Xavier, acaba por descobrir como quebrar as barreiras que Anne Maria havia construído para nunca atingir a totalidade e o controle de seus poderes, possibilitando que agora Xavier possa penetrar em sua mente, removendo as barreiras e apagando o eco de Mística. Ao final do processo Anne Marie procura Gambit para testar seu verdadeiro controle sobre seu poder e ela consegue finalmente beijá-lo sem qualquer absorção de poder e mente de seu amado.

Utopia e Nação X
Na ilha de Utopia Vampira, Gambit e Perigo são designados por Ciclope à resgatar vários alunos desaparecidos. Nesta ação ela derrota Ares, Pedra Lunar (vestida como Miss Marvel, durante os eventos dos Vingadores Sombrios) e um grande destacamento do HAMMER. Ela mostra todo os seu crescente poder. No arco Nação X ela assume novamente uma postura mais integrada aos X-Men e ao sonho de ajudar os mutantes, ao mesmo tempo que ela se mostra mais adaptada à ilha Utopia. Ela, assim, assume como tutora de muitos alunos que estão por lá.

Mas, além de tudo isso, Cíclope à quer para tentar localizar Fênix. Captando parcelas do poder das trigêmeas Stepford ela tanta uma varredura psíquica do planeta. Mas seu poder faz com que ela leia fragmentos da mente de todos ao seu redor, inclusive Gambit, vendo algo em seu íntimo que ele quer manter escondido. Infelizmente todo o plano de Cíclope mostra-se ineficaz e Vampira não consegue ajudá-lo.


Necrosha
Este é arco é um dos mais sombrios dos X-Men desde o arco Inferno. Selene, a ex-Rainha Negra do Clube do Inferno decide acabar definitivamente com os X-Men e parte para uma ação drástica. Com a ajuda de Eli Bard ela ressuscita muitos dos principais aliados e inimigos dos X-Men. Sina, possuída por Proteus, consegue dominar a mente de Olhos Vendados e convence Vampira a montar uma equipe para uma missão desesperada. Seu plano era matar todos e tão logo teve a oportunidade começou a tentar. Proteus consegue dominar o corpo de Noturno também, ao mesmo tempo que dominava Olhos Vendados. A única chance de Vampira para salvar todos foi absorver os poderes de Noturno e levar todos para os laboratórios abandonados de Moira. A luta foi brutal. Magneto, que estava junto de Vampira, levou um pedaço de rocha com os três – Magneto, Vampira e Proteus (no corpo de Sina) – para o espaço e lá Vampira, que havia absorvido o poder de Psyloque, consegue, com a adaga psíquica da amiga, libertar todos do poder do adversário. A luta continua entre Magneto e Proteus, até que ele consegue arrancar Proteus, que era formado somente de elétrons, do corpo de Sina. Ele se dissipa no ar.

Segundo Advento e morte
Este arco é centrado em Cable e Esperança, que retornam à Terra dos tempos atuais. Quando eles são detectados Cíclope corre pata tentar localizá-la. Vampira sente alguma ligação que não entende com Esperança [Nota: Esperança foi a menina que Mística encostou em Vampira para salvá-la algum tempo atrás]. Uma equipe selecionada encontra Cable e Esperança, mas eles estão com Bastion em sua cola. Vampira assume o poder de vários X-Men e junto de Noturno se preparam para escoltar a garota. A luta de Bastion e Vampira (com os poderes de todos) é titânica, mas mesmo assim Bastion vence. Ele diz que fiu o que acontecerá com o mundo se Esperança viver e ele não permitirá isso. Quando Bastion lança um de seus braços metálicos para matá-lo, Noturno o intercepta jogando-se na frente e sendo ele empalado ao invés dela. Como último esforço antes da morte ele os teleporta para Utopia. Ao final de tudo, Cíclope questiona ações e conselhos que Vampira Dara para Esperança e a retira de todas as equipes.

Vingadores VS X-Men

Pode-se dizer que nos eventos do conflito entre os dois grupos, faltou à Vampira convicção de em qual dos lados aderir. Inicialmente, mesmo tentando manter-se neutra, ela acaba defendendo a Mansão da escola Jean Grey de um ataque de Mulher-Hulk, Cavaleiro da Lua e Falcão, ajudando alunos que estavam sendo atacados. Mas depois de que o poder da Fênix foi dividido entre alguns X-Men, entre eles Maguka, Vampira coloca-se contra os mutantes liderados por Cíclope, quando ela Miss Marvel no Limbo.


Nenhum comentário: